26 de julho de 2017

Resenha: Meu Nome é Albert

Meu Nome é Albert! - Uma história sobre bullying

Olá pessoal! Nem sei como começar essa resenha, o livro já virou meu queridinho haha O livro se passa no ano de 1974, e de certa forma, parece muito com um diário. Chorei, sorri, fiz torcida e desejei ter um amigo como Albert, foi terrível a angustia de não poder entrar no livro e abraçá-lo! Tudo que o livro promete, cumpre! Meu Nome é Albert, trata-se de um livro de escrita leve que aborda um tema forte, algo que também já passei: o Bullying. Ler o livro foi como se o autor desse a mensagem "Eu sei o que você passou, estou com você". É emocionante todas as emoções que o livro passa para o leitor, várias vezes, minha mente vagou para a época em que passei por isso, não como se machucasse, pois, durante todo o livro Ronaldo vai deixando uma trilha de conselhos então: Já vou logo indicando para todos que já passaram, que estão passando ou ainda não passou pelo bullying. Esse livro é para todas as idades e com certeza para toda a família!

Tudo bem, falei até demais né? Vamos para a resenha então!


O livro gira em torno de Albert, um garoto de apenas onze anos, alemão que se destaca por uma deficiência física. O caso é que Albert tem três dedos pequenos em uma mão, e na outra nenhum. Sem focar na deficiência dele, encontramos um garoto muito gentio, alegre, amoroso... Albert vive com os pais e dois irmãos. Em casa as coisas já não andam muito bem, o pai dele é muito ausente e a mãe atarefada. Os irmãos não ligam para ele e o deixam a mercê dos agressores da vizinhança e da escola. Com o tempo, Albert começa a fugir de todos, evitando lugares e se isolando no velho jardim de sua casa. 

" - Filho, aquele jardim é um lugar quase abandonado, exceto por você, que brinca todo dia lá.
- É por isso que eu amo o jardim mãe. Ele é abandonado!"

Os rumores de Albert estar ficando louco começam após alguns vizinhos saberem que ele fala sozinho no jardim, e seus filhos falarem como ele é na escola: calado e na dele. Quando a mãe de Albert fica sabendo dos rumores, fala com o filho e descobre que não é de agora, mas continua, sofrendo bullying; até seu irmão participa e sua irmã não da a mínima para ele quando o caçoam! O único amigo de Albert é kurt, que ninguém nunca viu ou ouviu.

" - Eu estou aqui para te proteger, Albert.
   - Eu sei, Kurt. Você pode ser meu anjo protetor, ainda que não seja um anjo."

Bella, a mãe de Albert busca de todos os meios possíveis de ajudar seu filho. - e algo que me marcou muito na leitura, foi uma cena da professora Magda debochando dele e o maltratando, sério! Deu vontade de dar uma voadora naquela professora... - Bella vai à escola falar com a diretora, conversa e o leva em um psicólogo, fala com o reverendo Adrian, e até com o próprio pai, Peter que vive para dormir e trabalhar! E me vi em um cenário de reeducação de respeito, até os pais dos agressores estavam agindo mal!
"Bella, por sua vez, era uma guerreira que não queria desistir de Deus, da sua família, e do seu casamento."

O livro tem apenas 256 páginas para muitos detalhes, gostaria de escrever mais um monte sobre o livro, pois... É tanto que me tocou, e ainda não citei as partes da bíblia nos auxiliando, como sou evangélica, o livro acabou se tornando algo muito especial, as frases retiradas da bíblia eu já conhecia, mas me senti sendo aconselhada, como se fosse para mim as palavras e não só para Albert haha. 

" - Mãe, o Albert está feliz no mundo dele. É um mundo louco e solitário, mas ele está feliz."

Deixa eu falar uma coisa sobre o final: Fiquei chocada e tremendo, nunca, um final foi tão chocante, foi quase a mesma reação que tive com o livro Um Caso Perdido! Me senti sem chão! O livro trabalha muito a relação familiar, quem gosta de drama vai amar se aventurar nele! Achei que alguns diálogos precisavam ser melhor desenvolvidos, mas nada que atrapalhe a leitura 💖 O livro está cheio de Post It's, que usei para marcar as frases, quem sabe mais pra frente tenha um post só de frase 💕

E aí? Já leram ou viram por ai esse livro?

Outras informações:
Autor: Ronaldo Viana S. 
Editora: Ágape
Páginas: 256
* Livro cedido pelo autor, para resenha.


- Mel

9 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar desse livro, e de fato parece muuuuito tocante mesmo! Eu gosto de livros que tocam em assuntos sérios como bullying. Acho que falar sobre essas coisas é muito necessário, até pra auxiliar quem passa por isso ou quem conhece alguém que passa por isso, sabe? E olha, certeza que eu ia sentir muita vontade de abraçar o Albert também, aliás, já senti essa vontade só lendo a resenha, então imagina lendo o livro haha
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  2. Oi, Melissa! Que livro tocante, falar sobre bullying é sempre importante, pois é assunto sério que precisa ser mais discutido em nossa sociedade, somente quem já sofreu bullying sabe como é. Adorei a sua indicação Melissa e, sua resenha está maravilhosa. Um abração!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Uau, que demais, esse livro parece ser muito bommm! Adorei sua resenha, com certeza preciso ler essa história.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Nossa que livro forte e marcante, fiquei realmente interessada em ler, e que resenha maravilhosa, deu ainda mais vontade de entrar na história. Amei.

    Beijos
    La Rosa Blanca

    ResponderExcluir
  5. Eitaaaa Mel, fiquei super curiosa com esse final! Fostei do enredo e o protagonista parece ser bem interessante. O livro não é muito longo, acho que dá pra ler rapidinho, mas parece ter uma boa carga emocional. Gostei da dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mel. Já ouvi falar desse livro e acho maravilhoso o assunto abordado até porque conheço um cara que tem a mesma deficiência nas mãos e ele mesmo diz que passou muito preconceito por isso. É legal que o autor tenha saído da zona de conforto dos mesmos problemas, então com certeza vou ler.
    Beijo!
    http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi! Nossa, pelo que falou é uma história arrebatadora e que transforma os leitores. Falar sobre o bullying não é fácil e quando o autor consegue escrever de uma forma bonita e que passa uma mensagem é maravilhoso. Adorei que tem citações bíblicas. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  8. Oi Mel conheci seu blog através de um post da Miriã e já adorei rs...
    Quanto a essa história não conhecia esse livro, mas fiquei bem tocada com a sensibilidade dessa história e com certeza quando vc menciona que o final é tipo Um caso perdido (um dos meus livros favoritos) fiquei bem ansiosa em conhecer... Ótima dica com certeza!
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Mel, tudo bem?
    Acredita que eu não conhecia esse livro?! Amei a resenha. Nunca sofri bullying, mas gosto de livros com temáticas assim, afinal, não queremos ser um porquê, certo?! Também sou evangélica, então creio que vou gostar assim como você. Fiquei curiosa com esse final, preciso ler logo. Obrigada pela dica.
    Beijos!

    Http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Veja Também...